o colete e o linho

colete
colete

A propósito de uma conversa sobre coletes, espartilhos e saias minhotas, lembrei-me que, no ano passado, antes do Linhal começar, tinha pedido a uma das senhoras para me mostrar melhor o colete dela e que ainda não tinha mostrado as fotos.
São em linho, claro, e bordados à moda de Guimarães.
Esta é uma daquelas peças que apetece retirar do contexto do traje tradicional e usar por cima de um vestido simples.

O Linhal, que só acontece uma vez por ano, vai realizar-se no próximo dia 2 de Julho, sábado, a partir das 15h (ver aqui a localização no mapa). Num par de horas podem ver o processo de fabrico artesanal do linho, que registei aqui, demonstrado pelo Grupo Folclórico da Corredoura.

/

I was having a conversation about vests, corsets and the typical skirts from Minho, and I remembered that last year, just before the Linhal started, I asked one of the ladies to show me her vest and never came around to show the photos.
They are made of linen, of course, and embroidered in the Guimarães way.
This is definitely one of those pieces that you want to take out of the costume context and just wear with a nice dress underneath.

The Linhal, that only happens once a year, is going to be performed next saturday, the 2nd of July, at 3pm (see the location on map here). In a couple of hours it’s possible to see the complete process of handmaking linen, that I photographed last year, demostrated by the Grupo Folclórico da Corredoura.